25/03/2013 10h35

Teatro Jofre Soares apresenta espetáculo ‘Procura-se uma Estrela’

Peça é protagonizada por atores paranaenses e incentiva a doação voluntária de Medula Óssea

Espetáculo teatral 'Procura-se uma Estrela'

Repórter: Josenildo Törres
Fotos: divulgação

Que tal conferir um espetáculo teatral gratuito, que mistura comédia, música, emoção e, ainda, faz os espectadores refletirem sobre o gesto solidário que representa a doação de medula óssea? Com este propósito e, visando aumentar o número de alagoanos inscritos no Cadastro de Doadores de Medula Óssea (Redome), o Hemocentro de Alagoas (Hemoal) traz a Maceió a peça “Procura-se uma Estrela”.

A primeira apresentação acontece nesta quarta-feira (20), às 19h30, no Teatro Jofre Soares, localizado no Sesc do Centro de Maceió. Na quinta (21), às 10 horas, o espetáculo poderá ser conferido no auditório da Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (Uncisal), localizada na Rua Dr. Jorge de Lima, no bairro Trapiche, em Maceió. Já às 15 horas, o espetáculo voltará ser apresentado no Teatro Jofre Soares, no Sesc do Centro da capital alagoana.

E encerrando a turnê alagoana, ‘Procura-se uma Estrela’ poderá ser conferido às 10h da sexta-feira (22) no Jofre Soares e, às 19h, no auditório da Uncisal. Idealizado pela Companhia Processo Multiartes, sediada em Curitiba (PR), o espetáculo tem a direção e texto de Adriano Esturilho, a produção de Meire Abe e conta com um elenco estrelado pelos atores Rafael Barreiro, Carolina Maia, Renato Perré, Camila Hubner, André Daniel, Eliezer Vander Brook e Andrew Knoll.

Com duração de aproximadamente 50 minutos, ele conta também com a participação dos músicos Adriano Esturilho e Rosano Mauro Júnior, além de ter a direção de iluminação de Judite Fiorese, a programação visual de Mari Coelho e a consultoria técnica de Graça Bicalho.Sinopse – Estrelada por dois palhaços, que costumam percorrer hospitais, visitando pacientes leucêmicos, a peça mostra a preocupação da dupla circense com o sofrimento dos doentes.

De forma bem humorada, os saltimbancos resolvem percorrer as ruas, passando a cativar outra figura fundamental nessa estória: o doador voluntário de medula óssea. Isso porque, segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca), para cada um milhão de brasileiros, apenas um é compatível com um paciente hematológico. “Para aumentarmos o número de alagoanos cadastrados no Redome, já que atualmente são pouco mais de 15 mil, o Hemoal irá disponibilizar equipes multidisciplinares, visando realizar o cadastro durante as apresentações teatrais”, informou a diretora do Hemoal, Verônica Guedes.

Ainda de acordo com ela, muitos alagoanos sofrem de doenças hematológicas, a exemplo da Leucemia, e necessitam de um transplante de medula óssea. “Procedimento que, só será possível, quando mais pessoas se conscientizarem sobre a importância deste gesto simples, cujo doador vem a ser uma estrela na vida do receptor”, destacou a diretora do Hemoal, ao justificar o título do espetáculo ‘Procura-se uma Estrela’.

Para se candidatar à doação de medula óssea, o voluntário deve ter boa saúde, no mínimo 18 anos de idade, além de portar o CPF e a Identidade. Antes do procedimento, ele necessita preencher um formulário e, posteriormente, são coletados apenas 5 ml de sangue, que serão utilizados para descobrir o seu código genético.

Todos os dados são remetidos para o Redome, situado no Rio de Janeiro, e são cruzados com os disponibilizados pelos pacientes, que estão contidos no Registro Nacional de Receptores de Medula Óssea (Rereme). Caso sejam encontradas semelhança nos dados, o voluntário é convocado para se submeter a uma bateria de exames, que irá comprovar a compatibilidade com o receptor.

Transplante – A partir de então, é realizado o transplante de medula óssea, que consiste em um procedimento simples, por meio de uma pequena intervenção cirúrgica, realizada nos ossos da bacia, com duração de aproximadamente 90 minutos. Paralelamente, o receptor se submete a um tratamento que destrói a própria medula, tornando-o preparado para receber a medula óssea coletada do voluntário, a exemplo do que ocorre em uma transfusão de sangue.

Serviço:

Espetáculo: Procura-se uma Estrela

Gênero: Comédia

Locais de Exibição: Dois Riachos, Santana do Ipanema e Maceió

Classificação: Livre Texto e Direção: Adriano Esturilho Elenco: Adriano Esturilho, Carolina Maia, Candiê Marques, André Daniel.

Direção de Produção: Meire Abe

Informações: (82) 8833 -4114

Deixe o seu comentário