15/03/2017 14h24

Educação publica edital de seleção simplificada para professores bolsistas do Pronatec

Interessados em concorrer à vaga de deficientes, deverão, durante a inscrição, declarar a condição e especificar a deficiência

Bolsistas exercerão funções como planejar aulas e atividades didáticas, além de ministrá-las

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) publicou, no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta-feira (15), o edital da Seleção Pública Simplificada dos professores bolsistas com nível superior e, em caráter excepcional, com nível médio ou técnico com experiência na Educação, para atuar como professor bolsista na Bolsa-Formação do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) da rede pública estadual.

Confira o edital completo, publicado entre as páginas 22 e 25 do DOE, no link http://www.doeal.com.br/portal/visualizacoes/pdf/#e:28309.

Os bolsistas exercerão funções como: planejar aulas e atividades didáticas, além de ministrá-las; adequar a metodologia ao componente curricular e as necessidades do público-alvo; monitorar a frequência e desempenho acadêmico dos estudantes; propiciar espaço de acolhimento e debate; entre outros.

O resultado provisório será divulgado no site da Seduc, no endereço eletrônico www.educacao.al.gov.br. Para a etapa de comprovação dos títulos, serão convocados os cinco primeiros candidatos com a maior pontuação. 

Pagamento

Os professores bolsistas que forem convocados e firmarem o Termo de Compromisso para atuar sem vínculo empregatício receberão a remuneração, calculada por hora/aula de 60 minutos.

O valor pago, a título de bolsa, será calculado de acordo com a hora trabalhada, de acordo com as seguintes especificações: professor bolsista com nível médio ou técnico (R$ 12); professor bolsista com ensino superior ou superior tecnológico (R$ 17); Interprete/Tradutor de Libras (R$ 8).

Candidatos com deficiência

Os candidatos com deficiências, resguardados pelas condições previstas no Decreto Federal nº3.298/99, participarão do Processo de Seleção Pública Simplificada em igualdade de condições com os demais candidatos, no que se refere à avaliação de desempenho didático-pedagógico e aos critérios de aprovação.

Os interessados que desejarem concorrer às vagas reservadas aos deficientes deverão, durante a inscrição, declarar a condição e especificar a deficiência. Aqueles que não declararem participarão do certame em igualdade com os demais.