30/07/2018 10h43

GERAR CORTE 2018 acontecerá em evento único, em Comandatuba, na Bahia

Os 250 técnicos de campo, além de convidados, irão se reunir no início de agosto para discutir os novos dados de IATF/TETF e comemorar os cinco anos da fase de expansão do Grupo

Rebanho da raça Nelore de alta qualidade genética

Entre os dias 2 e 5 de agosto, o GERAR CORTE (Grupo Especializado em Reprodução Aplicada ao Rebanho) estará reunido no Hotel Transamérica Resort Comandatuba, na Bahia, para promover um encontro anual especial entre todos os 250 técnicos que integram o Grupo. O propósito principal é estimular a troca de experiências a partir das análises dos dados coletados de IATF (Inseminação Artificial em Tempo Fixo) e de TETF (Transferência de Embriões em Tempo Fixo) da última estação de monta (2017/18).  “Este ano, optamos por um único encontro, maior, em comemoração ao aniversário de cinco anos do início da fase de expansão do GERAR CORTE”, conta Ocilon de Sá Filho, Gerente de Produtos da Linha Reprodutiva – Bovinos da Zoetis, empresa incentivadora e apoiadora do GERAR.

Fundado em 2006, o GERAR é reconhecido no setor pecuário pelo pioneirismo no trabalho conjunto de troca de experiências e aprimoramento das biotecnologias reprodutivas, sustentado por uma parceria de enorme sucesso envolvendo técnicos de campo altamente qualificados (a maioria médicos veterinários), fazendas de gado de corte e leite (GERAR LEITE) de todo o Brasil e o setor acadêmico (no caso, a Universidade Estadual Paulista – Unesp de Botucatu).

Com o rápido processo de expansão e consolidação da IATF e TETF ao longo dos anos, os coordenadores do GERAR CORTE optaram em 2014 por promover sete encontros anuais em diferentes regiões pecuárias do País – no ano passado, as cidades escolhidas foram Bonito (MS), Viamão (RS), Cuiabá (MT), Pirapozinho (SP), Brasília (DF), lmperatriz (MA) e Belo Horizonte (MG).

“A decisão de expandir o GERAR CORTE representou um marco na história do Grupo, pois contribuiu para um aumento imediato na base de dados de IATF/TETF coletados e, consequentemente, um contínuo e importante processo de aperfeiçoamento dos serviços prestados pelos técnicos de campo”, avalia Ocilon.

Izaias Claro Junior, Coordenador de Serviços Técnicos – Bovinos da Zoetis, lembra que quando o GERAR foi criado, há 12 anos, a IATF ainda tinha pouca representatividade em programas reprodutivos, com predominância do uso da inseminação artificial por detecção do cio. “O GRUPO GERAR não só acompanhou de perto esse crescimento contínuo da IATF no Brasil, como contribuiu para a multiplicação da técnica. A troca de informações e conhecimentos com a universidade foi fundamental para que o grupo evoluísse de maneira estruturada ao longo dos anos”, avalia Izaias.

Ao comparar os números gerais da IATF no Brasil com o banco de dados analisados e coletados pelo GERAR CORTE, não restam dúvidas sobre a importância deste Grupo. Em 2017, foram comercializados 11,4 milhões de protocolos de sincronização no País, segundo dados daUniversidade de São Paulo (USP). Por sua vez, considerando os dados coletados pelos técnicos do GERAR CORTE na última estação de monta, o Grupo acumulou a marca de mais de 5 milhões de protocolos de IATF analisados desde a sua fundação.

“A conta é simples: atualmente o grupo GERAR CORTE responde por aproximadamente 25% das inseminações artificiais em tempo fixo no Brasil, ou seja, de quatro fêmeas inseminadas, uma passa na mão de um técnico do Grupo”, informa Izaias.

Com oito anos de carreira na Zoetis, Ocilon conhece muito bem a importância do grupo GERAR CORTE para o processo de expansão da técnica de IATF, pois fez parte da equipe de alunos do José Luiz Moraes Vasconcelos, o professor Zequinha, da Unesp de Botucatu, SP, responsável pelas análises dos dados reprodutivos das propriedades assistidas pelos técnicos e mediador de todas as reuniões do Grupo. “Tive o privilégio de trabalhar com pesquisas em IATF ao lado do professor Zequinha e também a honra de participar da primeira reunião do GERAR CORTE, em 2006, quando a base de técnicos ainda era pequena, de apenas 30 especialistas, e tínhamos um grande desafio pela frente”, recorda.

De lá para cá, além do aumento no contingente de técnicos para 250 profissionais, o GERAR CORTE ganhou o respeito de todos os envolvidos no segmento de reprodução de bovinos, carregando na bagagem o sentimento de missão cumprida. Embora seja um grupo consolidado, os técnicos de campo do GERAR continuam em busca constante de aprendizado e atualizações sobre as novas tendências dos manejos reprodutivos, daí a necessidade das reuniões anuais.

“Essa interação entre os técnicos e demais especialistas da área de reprodução precisa ser contínua, pois só assim é possível corrigir eventuais erros e tomar decisões cada vez mais assertivas durante o trabalho diário nas fazendas”, ressalta o professor Zequinha, que será o mediador da reunião em Comandatuba.

O professor lembra que as discussões geradas no GERAR resultaram em significativas melhorias dos índices reprodutivos e produtivos das fazendas brasileiras de gado de corte. “Porém, sempre há coisas para melhorar”, ressalta. Zequinha cita como exemplo algumas fazendas de gado de corte assistidas por técnicos do Grupo que atualmente conseguem taxa média de prenhez à primeira IATF acima de 70%, enquanto a média nacional gira em torno de 50%. “Os altos índices de IATF conquistados nessas fazendas nos mostram que hoje é possível conseguir resultados reprodutivos muito além dos atuais, que até algum tempo atrás eram inimagináveis”, considera. “Isto é sinônimo de atenção aos mínimos detalhes e do esforço de pessoas altamente compromissadas, que fazem a teoria acontecer na prática”, completa o professor.

Programação – Os dois dias de encontro do GERAR CORTE, no Hotel Transamérica Resort Comandatuba, contarão com a apresentação dos dados de IATF e TETF referentes à estação de monta 2017/2018, seguida de discussões envolvendo os técnicos e demais participantes, sob orientação do professor Zequinha. Ainda, como parte da programação especial de cinco anos de expansão do Grupo, o evento contará comoutros palestrantes renomados no meio pecuário.

TAGS:

Deixe o seu comentário